Casa de Dharma - Centro de meditação budista Theravada

[FOTOS] Vesak 2012

P1010781

clique na Foto para acessar o Álbum de Fotos. Contemplemos um dos simbolismos da lua cheia. Se olharmos o Sol como símbolo da mente plenamente iluminada, a que sempre perdura, estável, imutável, completa em si mesma, idêntica ao Nibbana, a Lua seria o símbolo da mente condicionada, mutável em suas quatro fases, a lua minguante, escuridão […]

clique na Foto para acessar o Álbum de Fotos.

Contemplemos um dos simbolismos da lua cheia. Se olharmos o Sol como símbolo da mente plenamente iluminada, a que sempre perdura, estável, imutável, completa em si mesma, idêntica ao Nibbana, a Lua seria o símbolo da mente condicionada, mutável em suas quatro fases, a lua minguante, escuridão ampliando até a lua nova, toda escura, clareando em lua crescente, não por seu brilho próprio, mas como que recebendo por reflexo a luz do Sol, até o seu brilho máximo na lua cheia, totalmente identificada com o Sol, como um Sol que brilha na noite do Samsara, o ciclo de renascimentos.

Purificando sua mente de todas as impurezas, há mais de 2.500 anos atrás Buda alcançou a Sabedoria Plena, a plena iluminação, e abriu a compreensão desse caminho do Dhamma para todos nós. Por isso O homenageamos. Possamos nesta importante ocasião do Vesak, lembrar em nossas meditações, deste presente, presença do Buda.

Mas não só isso. Lembrar que esta porta, aberta, por onde a Lua Cheia invade e preenche nosso mundo, é um convite para todos nós buscarmos com nosso esforço nossa libertação espiritual. Mas não é necessário esperar apenas por uma data especial e propícia como esta. Agora é sempre o melhor momento, de iniciarmos o caminho de Buda.

Possamos continuar transmitindo, essas jóias raras,
ensinamentos do Buda com Metta, a bondade-amizade amorosa, para todos.
———–
clique aqui, para acessar a Galeria completa de Imagens.